divulgação

Na noite deste sábado (21), o prefeito da cidade de fronteira Pedro Juan Caballero morreu.

Depois de sofrer um ataque, o prefeito, José Carlos Acevedo, teve a morte cerebral confirmada na noite de sábado; de acordo com as informações o quadro do prefeito era muito delicado e considerado irreversível.

José Carlos estava em seu segundo mandato, e acabou sofrendo um ataque dos “pistoleiros”, quando saía de uma reunião na Câmara Municipal da cidade, que fica em frente ao Palácio de Justiça. De acordo com as informações, o prefeito sofreu no mínimo 11 tiros.

Em entrevista ao jornal paraguaio, “El Noticiero’, a esposa do José Carlos agradeceu a todos que rezaram pela recuperação do prefeito e desabafou que mesmo com esperanças, não descartavam o risco de óbito.  

Comentários do Facebook