Após três meses, Mato Grosso do Sul voltou a registrar óbito por dengue. A informação é da SES (Secretaria de Estado de Saúde) que aponta no levantamento divulgado nesta quarta-feira (24), a morte de um idoso, de 77 anos, morador em Campo Grande, no dia 23 de novembro.

Diante disso, são 14 mortes em decorrência da doença, em 2021, no Estado.

O boletim aponta que a vítima fatal tinha comorbidades, sendo diabetes e hipertensão.

Também ocorreram registro de óbitos em Dourados (2), Corumbá (2), Três Lagoas (2), Caarapó (1), Ivinhema (1), Nova Alvorada do Sul (1), Aparecida do Taboado (1), Corumbá (1), Anaurilândia (1). 

O total de casos notificados da doença, ou seja, suspeitos, durante todo o ano chega a 11.244. 

Houve aumento no número de casos confirmados da doença. Nos dados do dia 17 de novembro, o total chegava a 7.294, já nos dados desta quarta-feira (24), o total chega a 7.855. 
Durante todo o ano de 2020, o total de casos notificados figurou em 52.280. O total de vítimas fatais pela doença figurou em 43. 

Recomendações

A SES destaca no documento que as medidas de prevenção da dengue, precisam ser adotadas em qualquer época do ano. (DouradosNews)

Comentários do Facebook