Um contador de 60 anos foi preso ontem (06) acusado de furtar envelopes de ofertas de fiéis a uma igreja. Ele já havia furtado cerca de R$ 20 mil de envelopes depositados em ofertas.

O caso aconteceu em Campo Grande e o homem foi flagrado por uma funcionária da igreja quando ajudava na contagem do dinheiro dos envelopes ofertados.

A diretoria da igreja foi avisada e o homem denunciado à polícia. Ele trabalhava no local desde agosto de 2018, no setor financeiro.

Aos policiais, ele disse que começou a cometer os furtos há 2 meses e que praticava o crime semanalmente, quando depositava em sua conta valores que variavam de R$ 1.500 a R$ 2 mil. Ele disse ter furtado nesse tempo cerca de R$ 20 mil.

O contador ainda falou que começou a cometer os furtos para aumentar a sua renda e pagar suas contas pessoais. Ele já responde pelo crime de apropriação indébita, mas nunca foi preso. 

Comentários do Facebook