Crédito fotográfico: Oseias Barbosa (fotos ensaio)/ divulgação (capa do álbum)

Com apenas 19 anos, já prepara o lançamento dos primeiros videoclipes do seu trabalho inaugural, “25”

Um novo nome surge na cena musical. Trata-se de FAEHL, cantor, compositor e multi-instrumentista que, com apenas 19 anos, estreia com o EP “25”, disponível em todas as plataformas digitais. Como um cronista das suas emoções e vivências, ele imprime estilo próprio para retratar em cinco faixas, sob o olhar do seu tempo, cada momento da sua história com o frescor de uma lembrança boa.

– Eu quis deixar esse nome como um marco do meu “Renascimento” por meio da música, representado pelo dia em que nasci – revela o artista.

FAEHL participou de todo o processo criativo de seu primeiro trabalho. “Foi um processo que quero repetir mais vezes. Depois do primeiro dia de gravação, quando fui dormir, eu sonhava com o metrônomo do estúdio no meu ouvido. Foi bem complicado para descansar (rs)”, diz.

Além de cantar, o carioca também toca piano, baixo, ukulele e violão, sempre leva um sorriso largo no rosto e assim espera que o público sinta o seu som.

– O que me inspira são reações, sentimentos, emoções, lugares e sensações. Espero que as pessoas consigam sentir nas músicas isso, alguém simples, que leva consigo sempre felicidade – ressalta FAEHL.

Ainda sobre o EP, ele explica as características das suas músicas. “É um trabalho que traz um som que vai na contramão do que ouço nas rádios. É um som mais cru, mas, com certeza, vai te levar a um lugar bem interessante por assim dizer – conta empolgado.

FAEHL começou a se interessar pela área musical desde muito novo. Com 11 anos, escreveu sua primeira música ‘One Chance’.

– Antes disso eu não era muito fã de instrumentos e coisas do tipo, mas aí, com 11 anos, compus uma canção, em inglês, e mostrei para os meus pais. Foi então que eu vi no rosto deles o sorriso do tipo “Nosso esforço valeu a pena” e aí eu pensei: “Por que não poder fazer cada pessoa sorrir desse jeito também?” Daí surgiu a vontade de começar a criar e extrair reações positivas das pessoas – lembra.

O cantor tem uma longa lista de artistas que admira e que o inspira.

– Eu curto diferentes sons, sou eclético e admiro muito a música em si. Gosto de Tiago Iorc, Nando Reis, Jon Bellion, Ed Sheeran, Declan J Donovan, Renato Russo, Twenty One Pilots, Kaleo, Cazuza, Cassia Eller, Mamonas Assassinas, Anavitoria, Anitta, Kevinho, Imagine Dragons, Lukas Graham, Rag’n Bone man, Post Malone, Justin Timberlake, Matt Maeson, Vance Joy, Pharrell Williams, Justin Bieber, Shawn Mendes, Dean Lewis, Artic Monkeys, Ric Hassani. Se eu for colocar todos vão ser várias páginas (rs). Sou fã de como cada um expressa seus sentimentos para o seu som e como chega às pessoas. Isso é o que realmente importa – comenta.

Em breve, duas músicas do EP ‘25’ ganharão vídeos: ‘Vitamina de maçã’ e ‘Meu Lugar ao Sol’. Mas FAEHL assegura que todas foram muito bem recebidas pelo público.

– Cada música, melodia e letra correspondem a momentos da minha vida. São sentimentos, muitos deles alegres, e trazem à tona sensações e emoções já vividas. São especiais e únicas. ‘Vitamina de maçã’ e ‘Meu lugar ao Sol’ refletem bem todo esse momento, e o meu som, e por isso vão ganhar vídeo – explica.

O EP ‘25’ de FAEHL pode ser ouvido íntegra no https://open.spotify.com/artist/49uQ2S8fS8bUkCoo4cY28M.

Mais informações sobre o cantor e compositor em https://www.instagram.com/f.a.e.h.l/

Comentários do Facebook