Equipes da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) interceptaram caminhões que transportavam 65 cabeças de gado sem origem comprovada. A ação contou com apoio da PM (Polícia Militar) e aconteceu na segunda-feira (13), próximo à linha internacional da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

Os veículos seguiam em direção ao município de Coronal Sapucaia, distante 396 quilômetros de Campo Grande. 

Toda a carga foi apreendida e os condutores foram conduzidos com escolta da Polícia Civil de Paranhos até a sede da Polícia Federal de Ponta
Porã, onde os motoristas foram ouvidos pelo delegado. 

Em seguida, os bovinos foram enviados para o Frigorífico Frigomar, no município de Deodápolis, onde foram abatidos. A indústria onde o abate foi realizado possui Selo de Inspeção Estadual e, por isso, todo o procedimento foi acompanhado por fiscais da Iagro.

A Agência orienta que nesses casos, os animais sejam abatidos. “Como são de origem desconhecida esses bovinos não poderiam ser recriados no Brasil e o único caminho é o abate sanitário”, explica Daniel Ingold, diretor-presidente da Agência. (MidiaMax)

Comentários do Facebook