Disparo teria sido acidental


Milton Rodrigues, assesasor do cantor Leonardo, morreu após ser atingido por um disparo de arma de fogo nesta quinta-feira (4) na fazenda Talismã, de propriedade do artista, localizada em Jussara, no noroeste de Goiás. Conhecido como Passim, ele trabalhava no meio artístico há 30 anos.

A assessoria de imprensa do cantor informou ao G1 que a morte foi causada por um tiro acidental. Já segundo a Polícia-Técnico Científica (PTC), a vítima foi atingida por disparo de arma de fogo e a Polícia Civil vai apurar o caso.

A assessoria da PTC informou ainda que equipes de Perícia Criminal e de Medicina Legal fizeram a perícia no local e no corpo com o objetivo de fornecer suporte técnico-científico às investigações da polícia.

O cantor Zé Felipe, filho de Leonardo, postou vídeo com Passim em seu Instagram e disse que “não dá para acreditar” na perda do amigo. Nas imagens, os dois brincam juntos e o artista pede para que o amigo não morra nunca.

“Se você morrer, eu desenterro você e ponho em pé de novo”, diz Zé Felipe. (correio24horas)

Comentários do Facebook