Selma Barsant – escritora –

…..descubra animado o que conhece e não esquece, o que incomoda e também aquece, o que intriga e acontece..

O que preocupa e logo esquece, o que te ocupa que te instiga e amanhece e perpetua e não esquece, mas esquece! E ao lembrar assim se agrada, pois te irritou porque também amou, mas se amou assim ficou, e com esforço se retirou….e agradece! Então esquece quis convencer, e ao amanhecer quis esquecer….mas não consegue! E consegue…por um instante para lembrar, e de novo poder conquistar e com medo se orgulhar que acabou de atravessar, de um encanto ao caos encontrar, e na luz poder buscar, o que já encontrou! E se perdeu mas ao achar…o que viu não foi errar, mas assim quis acreditar até q do alto pode entender que planejado estava em seu ser, dar a vida e também receber e se deleitar… em maravilhas o que desejava só pode sentir em ti o que almejava, em alegria Deus.

Não verá bem sei, sentirá talvez…e creio que ouvirá a voz que deseja te dizer mais uma vez…valeu e obrigada. Pois humilde se aproxima, emocionada te conduzia até que um dia, em mansidão se vai, pois suave é o que a trás como alegre é o caminhar de quem desejou somente te amar e se foi…pois cumpriu se a palavra e conseguiu: amou e partiu!

Não pode ficar…o amor não acaba, apenas continua em outro lugar! O trajeto mais sublime o único caminho…estreito mas contínuo apenas não desiste pois é este teu destino, menino …cresceu e multiplicou se o favor da magistral atuação do Senhor, não ruiu mas concertou se e foi sentido, vazio infinito… achou-se.

Alegremos nos pois este teu irmão estava morto e reviveu, tinha se perdido e achou se.

Pois quem o trouxe foi Rei e encontrou se pois ainda reina quem tem poder!

Jesus em teu ser.

Comentários do Facebook