São Paulo - Vacinação contra covid-19 aos profissionais da saúde do Hospital das Clínicas, no Centro de Convenções Rebouças.

O governo do Amazonas inaugurou, hoje (27), uma enfermaria de campanha montada na área externa do Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, em Manaus. Equipada com 50 leitos clínicos e equipamentos, o espaço atenderá a pacientes com quadros leves e moderados da covid-19, encaminhados pela equipe médica do hospital, unidade de referência no tratamento da doença na capital amazonense.Amazonas abre enfermaria de campanha para aliviar lotação hospitalarAmazonas abre enfermaria de campanha para aliviar lotação hospitalar

“São aqueles pacientes que já passaram pelo momento mais difícil [do tratamento hospitalar da doença] e que, então, virão para o Hospital de Campanha”, explicou o governador Wilson Lima durante a abertura da enfermaria de campanha, esta manhã.

Catorze pessoas já estão sendo tratadas na enfermaria. Segundo Lima, a expectativa dos profissionais de saúde é que cada paciente encaminhado para a unidade possa ter alta, em média, entre 48 horas e 72 horas após a entrada no local.

“Isto é importante porque no momento em que eles ocupam um leito de campanha, desocupam uma vaga do hospital, permitindo que mais pessoas sejam enviadas para o hospital [Delphina Aziz]”, acrescentou o governador.

Nova etapa

Montada pelo Exército e por uma organização contratada por meio de Parceria Público-Privada (PPP), a enfermaria é, nas palavras de Lima, “mais uma etapa na abertura de novos leitos para atendimento aos pacientes” com a covid-19.

“No início da pandemia, aqui [no hospital Delphina Aziz] funcionavam 132 leitos. Hoje, são 384. Dos quais 150 de UTI”, destacou o governador, revelando que o governo estadual estuda abrir outras enfermarias semelhantes, além de uma nova ala clínica para atendimento a pacientes com a covid-19 no hospital.

Ontem (26), o governo estadual reiniciou o atendimento no Hospital Nilton Lins com uma cerimônia que contou com a presença do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que elogiou a montagem da enfermaria de campanha inaugurada hoje.

“Esse modelo é o que nós preconizamos pelo SUS [Sistema Único de Saúde] como hospital de campanha. Uma enfermaria que está anexada, ligada ao hospital, e que, numa velocidade que realmente impressiona, vai fazer com que possamos receber os pacientes, dar um melhor atendimento e salvar mais vidas”, disse Pazuello.

Comentários do Facebook