Desde 1968 - Ano 54

28.9 C
Dourados

Desde 1968 - Ano 55

InícioColunista100º edição, Sem Disputa, Tempus Veritatis, Charlles Poveda, Bancos de Leite

100º edição, Sem Disputa, Tempus Veritatis, Charlles Poveda, Bancos de Leite

- Advertisement -

Mariana Rocha –

100 edição: hoje, leitores e leitoras, chegamos a nossa edição de número 100. Nestes quase dois anos de Folha de Dourados e de coluna Radar MS, eu, Mariana Rocha, me mantive corajosa e fiel a um novo formato de informar. Nossa estrutura, com vários assuntos de uma só vez, mas com profundidade, foi o melhor formato que encontrei para repassar várias informações de uma só vez a cada nova edição. Até aqui, eu agradeço, principalmente ao meu amigo e camarada José Henrique Marques, editor chefe deste jornal que sempre acreditou no meu potencial. Agradeço também a todos vocês que, independentemente da ideologia política, clicaram, debateram e fizeram parte do crescimento desta coluna. Hoje, políticos de Dourados e da região prestigiam meu trabalho e muitas vezes me alfinetam para estar aqui, na Radar MS. Obrigada e saibam que é só o começo. Foi na escrita que conheci muito mais de mim e que orgulho danado tenho do meu caminho até aqui. Sigamos com muita paz, luz e coragem!

Sem Disputa: nos procedimentos licitatórios, uma competição aberta e justa reduz
o risco de favoritismo, corrupção e conluio entre fornecedores e funcionários públicos, mas nem sempre é assim que acontece. Na quinta-feira, 8, Policiais do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), cumpriram nove mandados de busca e apreensão nos nos município de Selvíria, Campo Grande e Coxim. A Operação “Sem Disputa” investiga um suposto esquema de corrupção e lavagem de dinheiro, envolvendo a Secretaria de Obras do município de Selvíria. A suspeita surgiu de contrato com valor de R$ 930 mil, de gerenciamento de obras e serviços municipais, incluindo a elaboração de Projeto Civil e Infraestrutura do Município de Selvíria. Olhando alguns Diários Oficiais de Dourados, é possivel ver que a ENGELUGA ENGENHARIA EIRELI ME, também prestou serviço para a Câmara Municipal de Dourados, uma vez que foi vencedora do Pregão Presencial nº 003/2022 com proposta de R$ 265 mil, para a elaboração do projeto de reforma do Palácio Jaguaribe. Reforma que como todos sabem, ainda está longe de acontecer e está parada há 8 meses.

Tempus Veritatis: a Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (8/2) a Operação Tempus Veritatis para apurar organização criminosa que atuou na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democrático de Direito aqui no Brasil no dia 8 de janeiro de 2023. Acusação muito séria e que assim como todas as outras, deve seguir o rito processual. São 85 ordens judiciais que permitem, entre outras coisas, que policiais vasculhem residências atrás de provas ou coloquem algemas em ex-assessores, padres, presidente de partido e militares de várias patentes. Entre as provas encontradas, está um decreto redigido por Bolsonaro, que determinava novas eleições e prisão de ministros do STF. A Justiça determinou a proibição de contato entre os investigados, a suspensão dos cargos públicos e até a retenção de passaportes. É, o carnaval começou diferente em 2024, mas a justiça não pode ser espetáculo, como são as escolas de samba e bloquinhos. Para operadores do direito e membros da comunidade jurídica, há que se destacar a importância do devido processo legal e a não espetacularização do processo. Após a operação da última semana o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil encaminhou uma petição ao STF (Supremo Tribunal Federal) em que se posiciona contra a decisão do ministro Alexandre de Moraes de impedir que os advogados de alvos da operação Tempus Veritatis da PF (Polícia Federal) conversem com seus clientes.

Charlles Poveda: em Itaporã, município que fica há 17 km de Dourados, um nome quer construir espaço e perspectivas para o pleito eleitoral da cidade: Charlles Poveda. O jovem e bem sucedido advogado tem aparecido bastante nas conversas e diálogos políticos da cidade de Itaporã, um município com enorme potencial e que pode acelerar seu crescimento com uma gestão mais eficiente e mais conectada. Charlles é filho de Célio Poveda, que foi vereador de Itaporã por vários mandatos, querido por muitas pessoas. Itaporã vai precisar de bastante inovação, afinal, é uma das oito cidades que vão compor o corredor rodoviário conhecido como Rota Bioceânica , um projeto econômico de desenvolvimento logístico que estimula a integração aduaneira e o comércio regional. Na “Cidade do Peixe”, Charlles Poveda parece estar juntando seu cardume de amigos, apoiadores e propostas, para nadar rápido na disputa pelo futuro de Itaporã.

Bancos de Leite: o principal objetivo de um banco de leite humano é coletar, processar, armazenar e distribuir leite materno, o leite é doado para bebês que necessitam, como os prematuros, recém-nascidos com problemas de saúde ou bebês cujas mães não conseguem produzir leite suficiente. Atualmente, Mato Grosso do Sul possui cinco bancos de leite humano, sendo quatro unidades em Campo Grande e uma em Dourados (MS). Os estoques estão baixos e cada ml de leite conta para salvar vidas de bebês em toda parte do estado. Se você conhece alguém que pode doar, peça para procurar as seguintes instituições: Hospital Universitário de Campo Grande; Hospital Regional; Santa Casa de Campo Grande; Maternidade Cândido Mariano; Hospital Universitário de Dourados.

- Advertisement -

MAIS LIDAS

- Advertisement -
- Advertisement -