17/07/2017 09h55

Temer concentrará esforços em 80 deputados indecisos para engavetar denúncia

Por: RedeTV!
 
 
(Foto: Lula Marques/AGPT)

(Foto: Lula Marques/AGPT)

Após o encaminhamento da denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva ter sido barrado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, os esforços do governo voltam-se para a próxima etapa: a votação em plenário, definitiva para a acusação contra o presidente seguir ao Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com texto do jornal "O Globo", o Planalto contabiliza 80 deputados da base que ainda estão indecisos. Ainda segundo a publicação, esses parlamentares serão recebidos pessoalmente por Temer para discutir o tema.

O texto destacou também que o governo estuda negociar ministérios, caso seja necessário. Dois deles são os mais cotados: o Ministério da Cultura, abandonado por Roberto Freire (PPS), e o Ministério da Transparência, que era comandado por Torquato Jardim, realocado no Ministério da Justiça. O PTB, que demonstrou fidelidade ao votar contra a denúncia na CCJ, já teria demonstrado interesse em uma das pastas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita que a denúncia contra Temer será analisada em plenário no dia 2 de agosto. Para Maia, com a volta do recesso parlamentar, haverá quórum para a votação.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso