17/07/2017 09h34

Líder do Estado Islâmico continua vivo após ataque da Rússia, diz jornal

Por: Midiamax
 
 

Um membro curdo da coalisão que busca pelo líder máximo do Estado Islâmico, Abu Bakr-al Baghdadi, afirmou em entrevista exclusiva à Reuters neste domingo que o líder jihadista continua vivo, mais de um mês após Baghdadi ter sido considerado morto pela Rússia em um ataque.

"Baghdadi está definitivamente vivo. Ele não está morto. Nós temos informações de que ele está vivo. Nós acreditamos 99% que ele está vivo", disse Lahur Talabany à Reuters na entrevista.

"Não se esqueça que suas origens datam dos dias da Al Qaeda no Iraque. Ele estava se escondendo dos serviços de segurança. Ele sabe o que está fazendo", afirmou.

Agora, Baghdadi segue como fugitivo, mas continua sendo um inimigo forte, prosseguiu Talabany. "Ele não é uma figura fácil. Ele tem anos de experiência em se esconder e em escapar de serviços de segurança", completou.

Desde que se declarou líder supremo de "todos os muçulmanos" em um discurso em uma mesquisa em Mossul, na capital do Irã, em 2015, Baghdadi foi declarado morto por diversas vezes, em operações de países que combatem o Estado Islâmico.

Na última vez, a Rússia afirmou ter possivelmente matado o líder do Estado Islâmico em um bombardeio no dia 28 de maio, em Raqqa, na Síria. Na ocasião, pelo menos 30 chefes e integrantes do grupo terrorista foram aniquilados.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso