18/12/2018 14h44

Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real

Por: Folha de Dourados
 

A segurança e o controle na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai ganha, a partir desta terça-feira (18.12), um novo sistema de fiscalização que torna a MS-164, em Maracaju, a primeira rodovia estadual inteligente. O Governo do Estado ativou o Centro de Comando e Controle (C3), projeto inovador da Polícia Militar Rodoviária que utilizará câmeras e aplicativo para monitorar as principais rotas de drogas e descaminhos.

O sistema, coordenado a partir de uma sala de operações montada na sede da Polícia Militar Rodoviária, em Campo Grande, será implementado simultaneamente em outras rodovias estaduais utilizadas por traficantes e contrabandistas, chegando, numa primeira etapa, a Ponta Porã, pela MS-164; Amambai (MS-386); distrito de Amandina (MS-276), em Ivinhema; e Bataguassu (MS-276 e MS-395), já na divisa do Estado com Paraná e São Paulo.

"Estamos implantando novas ferramentas inteligentes de combate ao crime organizado na fronteira, que não exigem grandes investimentos, porém com uma abrangência e uma eficiência que vão permitir ampliar a ação e a resposta mais rápida da nossa polícia em operações integradas com várias unidades nas regiões mais críticas", explicou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

O sistema será implementado simultaneamente em outras rodovias estaduais utilizadas por traficantes e contrabandistas.

Referência nacional

Para o secretário, os investimentos do Governo de MS em viaturas, armamentos, melhoria das instalações e capacitação dos policiais refletem nas estatísticas positivas de redução da criminalidade, tornando Mato Grosso do Sul uma referência nacional em segurança pública. "Temos ainda a melhor tropa", acentuou Videira. Ele adiantou que o novo sistema funcionará em caráter experimental por 60 dias e será expandido para outras rodovias estaduais.

O projeto piloto do C3 entrou oficialmente em operação na manhã desta terça-feira, durante solenidade realizada no quartel da Polícia Militar Rodoviária, situado na Vila Concórdia, na Capital. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) elegeu como prioridade o trecho da MS-164 que se interliga com a BR-267, no distrito de Vista Alegre, em Maracaju, considerado uma das principais rotas do tráfico de drogas e de armas e de contrabando.

Nessa localidade, foram instaladas câmeras para monitoramento em tempo real do fluxo de veículos, fiscalização de placas e outras ações preventivas. As viaturas da Polícia Militar Rodoviária que atuam na região foram equipadas com GPS (Sistema de Posicionamento Global) e tablets, tecnologias que permitirão rastrear e orientar as unidades operacionais para atendimento de ocorrências, as quais podem chegar pelo telefone 198 ou via aplicativo.

Secretário da Sejusp, Antônio Carlos Videira.

Ações com coordenação

Integram esse sistema o aplicativo Roda Viva-PMR/MS, que permite ao cidadão fazer a denúncia de um veículo roubado antes mesmo do registro do Boletim de Ocorrência. Com a ferramenta disponibilizada nas lojas virtuais gratuitamente, o usuário também pode auxiliar a polícia em caso de alguma ocorrência na rodovia – por meio de mensagem, posição geográfica e fotos – e receber informações atualizadas sobre as condições de tráfego na mesma.

"Graças ao compromisso do governador Reinaldo Azambuja com a segurança pública, estamos criando um sistema econômico, mas eficiente, que considero um avanço extraordinário no combate ao crime organizado na fronteira", destacou o comandante da Polícia Militar do Estado, coronel Valdir Acosta. "Com forte investimento tecnológico, haverá atendimento mais rápido aos usuários e ações policiais planejadas de forma centralizada", acrescentou.

Na formatura, as autoridades foram homenageadas.

Durante a ativação do C3, que contou com a presença do secretário da Sejusp e do comandante da PM/MS, foi assinado o termo de doação à Polícia Militar Rodoviária do prédio que a corporação ocupa há 20 anos e pertencia ao Departamento Estadual de Trânsito de MS (Detran-MS). O documento foi referendado pelo secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis, e pelo diretor-presidente do Detran, Roberto Hashioka.

Formatura de policiais

Na mesma solenidade, ocorreu a formatura do curso de Especialização em Policiamento Rodoviário, o primeiro realizado pela Polícia Militar Rodoviária em 32 anos de criação. A capacitação com 372 horas de duração, com foco no aperfeiçoamento da fiscalização ostensiva do trânsito, enfrentamento aos crimes transfronteiriços e preservação da ordem pública nas 141 rodovias estaduais – cerca de 12 mil km – contou com a participação de 28 policiais.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso