11/07/2018 16h46

Colheita de café 2018/19 do Brasil vai a 45%, mas segue atrasada, diz Safras

 

A colheita de café da safra 2018/19 do Brasil avançou para 45 por cento do volume previsto até 3 de julho, ante 38 por cento na semana anterior, indicou a consultoria Safras & Mercado nesta quinta-feira.

O ritmo está atrasado na comparação anual. Em igual momento de 2017, a colheita atingia 50 por cento, enquanto na média dos últimos cinco anos, 51 por cento.

A Safras, que estima a produção brasileira neste ano em 60,5 milhões de sacas, apontou que foram colhidos 27,22 milhões de sacas até 3 de julho. O país é o maior produtor e exportador global da commodity.

Segundo o consultor Gil Barabach, da Safras, a colheita do café arábica chegou a 38 por cento da safra, contra 41 por cento no ano passado e 38 por cento na média de cinco anos.

Já "os trabalhos com conilon (robusta), embora mais ágeis, seguem bem atrasados, por conta do problema inicial com excesso de umidade e o retardo no amadurecimento dos frutos", afirmou ele, em nota.

Conforme a consultoria, a colheita de robusta está em torno de 65 por cento da safra projetada, ante 82 por cento no ano passado e 88 por cento na média de cinco anos.

Para Barabach, a mão de obra para colheita do robusta segue um "problema", principalmente no Espírito Santo, maior produtor do país dessa variedade. (Reuters)

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso